BLOG

Boas ideias podem deixar o quarto do bebê “maior” e mais funcional.

Quando as mamães ficam gravidas, além de sonhar com o rostinho dos seus bebês, passam também a imaginar o quartinho ideal.  Será azul, rosa, colorido, off-white?  O quarto vai ter um tema? O berço vai ser de qual modelo? E o estilo? Qual será?

 

Inspirações para montar o quartinho dos sonhos não faltam, opções fofas e cheias de charme também não.  E no meio de tantas pesquisas e possibilidades de estilo de decoração as mamães começam a entender que além de lindo, o quartinho dos sonhos precisa ser prático e funcional para atender todas as demandas do seu futuro mini dono. E quantas demandas, não?!

 

Dormir, trocar, brincar, ter espaço pra todos aqueles brinquedos que ele(a) ainda vai ganhar das tias e avós corujas, amamentar (e tirar um cochilo enquanto faz isso porque ninguém é de ferro e às vezes o sono vem né?).

 

Muitas demandas e uma dúvida inevitável: como encaixar todas as necessidades do bebê dentro de um quarto pequeno?

 

Montei um rápido passo a passo pra ajudar a definir o layout do quarto do seu bebê

 

1- Tire as medidas do quarto. Para facilitar a sua vida, eu aconselho que você faça um desenho, em escala, das paredes e, se for o caso, dos móveis fixos (um armário, por exemplo) que existem no ambiente. Não, não precisa fazer um desenho bonito, muito menos colorido! Só é preciso que você entenda o seu desenho 🙂

 

2-Pesquise, sem comprar nada, a medida ideal dos móveis do bebê (berço, cômoda e poltrona).

 

3-Pense na melhor forma de encaixar esses móveis no espaço que sobra. Sim! Você vai desejar ter uma varinha de condão ou de mágico para resolver a questão. Mas tenha calma e siga em frente.

 

E para ilustrar e complementar o que eu falei até aqui, vou usar as plantas de um projeto  fofo em que estou trabalhando. E olha que não se tratava de um trabalho tão simples, porque deveria responder a seguinte pergunta: como encaixar todos os móveis e necessidades da mamãe e do bebê num quarto que já tem um armário, funciona como closet, quarto de hóspedes e escritório? Antes de ser quarto do bebê, o quarto era assim ó:

 

Carol Dias- layout quarto do bebê antes

 

Onde colocar o bebê num quarto com tantos móveis e funções já existentes?

 

A solução mais fácil e óbvia nesse caso é tirar a cama e a mesa pra depois começar a encaixar, numa mistura de mágica e paciência, os móveis do bebê. Certo?

 

Certíssimo!

 

Tipo assim ó:

 

Carol Dias- layout quarto do bebê 1

 

Durante o seu processo pode ser que você se encontre em situações semelhantes a essas: ” Ihh, não cabe aquela cômoda que eu quero! E agora? E a poltrona de amamentação/descanso? Onde colocar? Ufa consegui encaixar a poltrona, mas ela ficou tão apertada entre a porta de entrada e o armário.. Aaahh é bom ter um espaço para brincar né?.. Aff não cabe tudo!!”

 

Às vezes o que já existe no quarto, não nos permite ter uma situação melhor do que aquela mais óbvia que eu citei.  A não ser que…

 

… a gente tenha o cuidado de olhar “o problema” por outro ângulo a fim de analisar novas possibilidades. Isso faz com que a gente fique mais consciente na hora de fazer boas escolhas… E decorar é isso… Fazer escolhas, pensar, analisar, saber o que vai perder e o que vai ganhar em cada decisão tomada pra, só então, prosseguir e fazer compras e intervenções de forma mais assertiva.

 

No caso desse quarto, a minha proposta para a cliente era usar a maior parede e consequentemente o maior espaço do quarto para atender as necessidades do bebê… mas como fazer isso???

 

Trocando o armário de posição, ué! 🙂  Aposto que vc, mesmo tendo pensado nessa possibilidade, ficou preocupado com o trabalho que daria. Se daria certo. Se valeria a pena…

 

De fato esta não é a opção mais simples, mas, sem dúvida, é uma excelente forma de ter um quarto mais amplo e funcional, aproveitando ao máximo do armário que já existia. E é claro que todo esse ganho de espaço, como tudo na vida, envolvia uma perda importante: a sapateira.

 

Uma grande perda pra nós mulheres né? Nem tanto quando a gente vira mãe e passa a pensar mais no bem estar dos nossos pequenos do que em nós mesmas. Essa foi a resposta indireta que a mamãe dona desse quarto me deu quando, prontamente, começou a reorganizar o armário para encontrar espaço para os sapatos.

 

E a segurança para encarar essa transformação veio assim: uma boa sacada de (re)uso do espaço e dos móveis  + estudo das possibilidades de fazê-la dar certo + muita dedicação desse casal de pais. A isso juntou-se apenas 1/2 dia de serviço de um marceneiro. E o resultado final? Você vai conferir em breve por aqui! Enquanto isso, você pode dar um espiada em como ficou o layout 🙂

 

Carol Dias- layout quarto do bebê 2

 

Ficou bacana né!?! Com a troca do armário de posição, o maior espaço do quarto agora serve para acomodar todas as necessidades do bebê. O berço que antes ficaria entre a porta e a janela, agora fica mais “protegido” num cantinho só dele. A poltrona ganhou mais espaço e tem a companhia de mesa lateral e pufe.

 

Nessa nova configuração, o espaço destinado à poltrona pode, futuramente, dar lugar a mais um berço ou a outras atividades como brincar e estudar.

 

Uma única mudança e várias possibilidades de uso do mesmo espaço!

 

Clica aqui se você quer saber mais sobre o assunto reaproveitamento de espaço e armários.

 

Tantas possibilidades que a cliente até conseguiu realizar mais um desejo: uma cômoda maior.

 

E o layout final ficou dessa forma ai abaixo, com armário reposicionado, bebê bem acomodado e cliente feliz (com cômoda maior e muito mais espaço) para encarar as próximas etapas do processo de decoração do quartinho de bebê dos sonhos dela. Spoiler: o quartinho já está quase pronto e ficando uma fofura só. Em breve eu passo por aqui pra contar mais sobre ele 🙂

 

Carol Dias- layout quarto do bebê 3

 

E você? Teve que fazer que tipo de escolha para transformar o seu quarto de bebê dos sonhos em realidade?

 

Me conta aqui nos comentários!

 

Psiu! Se vc quer saber mais sobre mim e sobre o meu trabalho é só clicar aqui

 

Beijos e até a próxima

 

Carol Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *